terça-feira, 9 de junho de 2009

Para um cuidado mais amplo

Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP), maio de 2005. A intenção do Grupo de Humanização do hospital era simples: organizar um setor abandonado para realizar um evento comemorativo do dia das mães. O que a coordenadora do Grupo, Anialcy Barbosa, não imaginava era que a atividade pudesse vir a ter tantos desdobramentos. “Quando começamos a enfeitar o espaço para a festa, vários pacientes começaram a aparecer, curiosos, procurando nos ajudar. Eles pintaram as paredes conosco, fizeram painéis e, no dia do evento, deixaram uma série de mensagens na parede indicando o que desejavam que melhorasse no hospital. As maiores demandas? Atenção e um cuidado humanizado”, conta Anialcy.

Nesse dia, surgiu a idéia de montar um projeto de voluntariado no hospital – o HUAP Voluntário. “Nossa proposta era minimizar o sofrimento dos pacientes, oferecendo um cuidado integral, que considerasse não apenas a dimensão física, mas também a psicológica. Hoje, é difícil ter isso apenas com o nosso quadro de funcionários, que é muito reduzido. O HUAP tem 350 leitos e, se tivermos três psicólogos, é muito”, critica a coordenadora.

Para dar conta da atenção aos pacientes, uma série de subprojetos começou a ser desenvolvida e hoje o hospital conta com cerca de 200 voluntários – a maioria estudantes universitários. Entre os 16 subprojetos em curso atualmente estão o ‘Criarte’, com a realização de atividades artesanais nas enfermarias; o ‘Recreando’, que consiste em levar crianças soropositivas a museus e zoológicos; e o ‘Alegria Pura’, com ações de lazer na área de emergência pediátrica. Para conhecer todos os projetos desenvolvidos, clique aqui.

Os recursos financeiros para a manutenção das atividades são provenientes do próprio trabalho voluntário. “Na primeira semana de cada mês, montamos um bazar no ambulatório do hospital e vendemos o material produzido. Assim, conseguimos os recursos necessários para realizar todas as atividades”, explica Anialcy.

Como participar?
Duas vezes por ano – em março e em agosto – é oferecido um treinamento para novos voluntários. Para se inscrever, é preciso comparecer ao terceiro andar do prédio anexo do HUAP (Rua Marquês do Paraná nº 30, Centro, Niterói/RJ), com duas foto 3x4, uma xerox da carteira de identidade e um comprovante de residência. O próximo período de inscrições começa já na primeira semana de julho, de segunda a sexta-feira, de 13h às 18h.

Raquel Torres

Um comentário:

  1. Vamos implementar um setor de Acupuntura no Hospital.
    Contato: dr.rogeriolopes@gmail.com

    ResponderExcluir

 
BlogBlogs.Com.Br